15 setembro 2008

Rabisco mangá

Escrita a nanquim
quiçá chegue ao seu destino
Aquelas mãos nem tão belas quanto seu dono
Mergulhos no lagos lebertinos
dessa segunda dedicada ao óssio
Desse desejo que prescisa ser entregue ao abandono
Antes que o amor vire lama putrefada.

Um comentário:

cacos poéticos disse...

Na Lama o Amor
Mergulhar no Abandono
Afogar nos Pântanos os Desejos
E seu Olhar Libertino
Não Mais Mirar.

Parabéns pelo ótimo início e que
doravante as chamas deste fogo aumentem. Um Abraço!