10 novembro 2008

Eróticoético

Não era Hentai,
Solta voava nos céus das diligências
Como uma misteriosa ave noturna
Que a espreita sempre ejaculava Haikai
Silêncio e depois palavras vagarosas
Suspiros, lamúrias, gemidos e ais
Tudo se o amor parecer de verdade
Enquanto o rouxinol das poesias forem belos aos meus ouvidos
Estarei narrando a aurora das minhas noites.

Nenhum comentário: