29 julho 2009

Eu pra mim mesma

Aquela casinha, com varanda , cercada de plantas na pequena escada de três degraus pedia uma rede, ou melhor, uma poltrona de bambu bem macia se pensando na minha solidão futura. Seria bom, para ver a noite cair, as estrelas aparecendo, em noites de lua talvez desse para vê-la surgir bem de frente, mas aquela aula de rosa dos ventos eu perdi, estava ocupada com coisas maiores, nesse dia creio que degustava um bom vinho barato no banheiro feminino, graças a isso meu senso direcional é péssimo, o sol nasce onde mesmo? Leste?
Se pensando no meu êxito amoroso, talvez seja melhor a rede e uma mesinha com umas quatro cadeiras , para os filhos, netos , amigos, amores; de forma revezada é claro.
Uma senhora fazendo tricô , crochê, bom , isso não me assusta , mas acho que na terceira idade terei muitas idéias e tempo para me especializar em contos eróticos.
Estilo super retrô , a sala é mais do que convidativa . Como seria fazer amor naquele sofá baixinho, em meio as almofadas coloridas? Também gosto daquelas mesinha de centro , feitas para suportarem os belos copos de bebida, sem gelo.
No banheiro a banheira teria um acompanhante musical, um homem nu, com mãos quentes , cantarolando qualquer coisa que eu não conheço de Noel Rosa.

Nenhum comentário: