13 setembro 2009

Mr. Sir morreu.

Ele anda com passos tranquilos, pesados, firmes, mas também cambaleia

Ele impetuoso, voraz, mesclando suas penetrações com sexo oral e conseguindo observar que fiz a sombracelha

Ele mordendo, com força pra tanto e sem força para pouco, ainda consegue sentir falta dos meus " te amo " depois do gozo

Ele mesmo tentando me levar pra cama não esquece do chocolate

Ele mesmo tocando as partes quentes, aquece as geladas carnes expostas
Me acaricia os cabelos e as nádegas simultaneamente

Ele não me deixa esquecê-lo
Por simplesmente ser ele.

Um comentário:

cacos poéticos disse...

Bom ver que o fogo continua abrasando, e a pimenta sempre abundante.
Obrigado pelo link adicionado.
Um Abraço!