29 setembro 2009

Pira gastronômica














Lembrou como se fosse ontem, a mania nada ardilosa de aumentar os batimentos cardíacos.
 Não conseguia esquecer.
Bebia para esquecer, bebia para lembrar.
Mora hoje em uma das suas vísceras cansadas, um sentimento que balbucia rumores intuitivos de que nem tudo que ocorre pelas noites da cidade procede de um simplismo vil.
Não ignora a tamanha responsabilidade que seus devaneios lhe causam, a reconhece e porventura lhe coloca no patamar de um inimigo, que merece e deve estar perto o suficiente para ser observado. 
 Fim se Setembro, sonhava com os ipês.
Almejava que o Sol de primavera abrisse  a janela do seu peito.
Delírios, especiarias, paixão, Kiwi com cerveja e chocolates em casos isolados.

Um comentário:

vivi disse...

Kiwi com cerveja, muito bom msm!!!!