22 março 2012

Ao Ló

Nasceu, uma flor no meu pau
Externam suas raízes emaranhadas
Depois desabrocha singela
A flor que orquídea meu pensamento nasceu de uma fotossíntese alcólica.

5 comentários:

HerrBrandt disse...

Seria a "flor" um poema?

Patricia Alhures disse...

Descobri recentemente, depois de algumas bebidas,que um amigo de anos cultiva plantas.Ele me mostrou a foto de uma orquídea, ou bromélia que cresceu sobre um pequeno pedaço de madeira.Para me mostrar a foto ele disse: " Olha a flor que nasceu no meu pau." Ai a inspiração veio.

Patricia Alhures disse...

Achei engraçado,primeiro pois ele não tem cara de quem cultiva planta, e depois meio xamãnico assim,rs rs sêmem do polén sagrado.

Herr Brandt disse...

Interessante.
Uma expressão de duplo (ou triplo) sentido rsss.

Anônimo disse...

eu so acredito...vendo!!!