03 dezembro 2012

Parente é serpente




Parente é serpente
Diz que sente, que lamenta
Que  gosta
Mas só aparece quando tem festa  ou
Quando tem velório
E olhe lá
A boca diz: “-Nossa como você cresceu... “
Mas os olhos pensam como você engordou...
E se  está magro está sofrendo
O que interessa termina com ado:
Namora homem casado
Desempregado
Separado
Atropelado
E quando você morrer vai lembrar-se de coisas lindas que você dizia
E que você nem sabia
Será um herói  
Principalmente se morrer enquanto conseguir limpar a própria bunda
Parente é serpente
te convida para o casamento para ganhar presente
Não tem amor ao transcendentalismo familiar
E critica aos que tem
Precisa de laços e elos para compor o álbum de fotografia
parente a gente não escolhe
Se escolhesse  não se nascia.

3 comentários:

Tina Bruxinha disse...

Rs... disse [tudo] direitinho de uma forma simples e direta... utilizando palavras poetizadas... para [amenizar] o caos...Párabens!!!

Tina Bruxinha disse...

Afsssssss... PARABÉNS!!!... rs

Eleida Luciah disse...

Muito bom seu textoo