08 novembro 2016

Alhures

Tem sempre um pedaço perdido
Um excesso de carne, uma falta de tato
Uma parte faltante perseverante
Uma cláusula de distrato
E o sódio do olhos são como o sal do Himalaia
Tem sempre um motivo perene
Uma vontade latente
Como dói saber das verdades
Seja na infância ou em qualquer idade
Viver também dói.

Nenhum comentário: