31 maio 2017

Aquele abraço

Perdi um pedaço bem no dia do abraço
Acordei ainda escuro
Sentia mas não vai o muro, que se erguia entre nós
Numa bela noite fria
Recém chegados da Bahia
Disse que tinha perdido o sono
Só que o amor já tinha outro dono
Muito antes de viajar
Foi o abraço derradeiro
Que assim como o primeiro aconteceu num sofá.

Nenhum comentário: