11 julho 2017

O quinto amor

Os opostos se atraem!
Quem inventou essa frase?
Mãos grandes, cheiro de mato
Macho,  matuto com pegada
Deu amor ao buscar um gelo
Dei para ele de primeira
Sem noção do preço no final das contas.

Ele queria ser pai, adora crianças
Amou meus filhos
Amou meus cílios
Meus mamilos de mãe cansada
Me amou nas madrugadas.

Tudo que não foi
Já não dói mais
Tudo que já se foi
Tudo que ele levou embora, jogou fora
Nada é por acaso
Um jeito manso, um gênio bravo
Um coração de elefante
Uma fome de cavalo
Meu amor foi pouco para saciá-lo.

Os opostos se atraem
Os opostos também traem
Mas ele ainda vai cansar de só flertar
Vai achar alguém para se encantar
Alguém com ele parecido
Pode até virar um bom marido, um homem para casar.
Será? 

Nenhum comentário: